Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

4 dias após chuva, Pirassununga tem 649 imóveis sem energia e prefeitura continua fechada - Rádio América Online

Fale conosco via Whatsapp: +55 19 3652-7006

No comando: Expresso Sertanejo

Das 05:00 às 08:00

No comando: Domingo Especial

Das 05:00 às 13:00

No comando: Bom dia América Online

Das 08:00 às 11:00

No comando: Tele-Toca

Das 11:00 às 12:00

No comando: Aol Notícias

Das 12:00 às 13:00

No comando: Agito Geral

Das 13:00 às 15:00

No comando: Fofocando

Das 13:00 às 15:00

No comando: Overdose

Das 13:00 às 17:00

No comando: Show da tarde

Das 15:00 às 17:00

No comando: Dose Dupla

Das 15:00 às 19:00

No comando: Tele-Toca 2ª edição

Das 17:00 às 18:00

No comando: Especial Sertanejo

Das 17:00 às 19:00

No comando: Expresso sertanejo 2ª edição

Das 18:00 às 19:00

No comando: Campeãs da Semana

Das 19:00 às 20:00

No comando: Território Sertanejo

Das 19:00 às 22:00

No comando: A noite acontece

Das 19:00 às 24:00

No comando: Nostalgia

Das 20:00 às 22:00

4 dias após chuva, Pirassununga tem 649 imóveis sem energia e prefeitura continua fechada

Após quatro dias, Pirassununga (SP) continua reparando os estragos causados pelo temporal do sábado (9).

Segundo o coordenador da Defesa Civil e secretário de Segurança Pública, Paulo Tannus, continuam sem energia elétrica 649 residências até a manhã desta quarta-feira (13). A previsão é que até quinta-feira (14), o serviço retorne 100%. A prefeitura permanece fechada.

A empresa Vivo, informou a prefeitura que em 71% do município já voltou a funcionar o serviço de telefonia.

A empresa Eletrko, informou que foram substituídos mais de dez postes no centro da cidade e a recomposição de mil metros de cabos em 200 pontos onde os fios foram partidos.

Estragos na prefeitura

O prédio da prefeitura só será liberado para atendimento ao público na segunda-feira (18). Uma equipe está realizando uma limpeza no local e também será feito uma inspeção na rede elétrica para avaliar se há danos na estrutura.

“O decreto de estado de emergência ainda não foi feito, pois ainda falta alguns relatórios a serem realizados”, disse Paulo Tannus.

As escolas e as unidades de saúde que foram afetadas pelo temporal continuam fechadas e estão passando por reforma. A expectativa é que elas também sejam reabertas na próxima semana.

Lar de Idosos Nossa Senhora de Fátima e o Fundo Social estão precisando de doações de materiais e de mão de obra voluntária.

A Prefeitura de Pirassununga está recebendo apoio de outras cidades na região, como Leme, Porto Ferreira, Campinas e São Carlos, para ajudar na reconstrução dos locais mais atingidos.

Temporal

A chuva forte causou destelhamento de casas, derrubou árvores e deixou bairros sem energia elétrica e internet.

Segundo a Defesa Civil, foram 42 milímetros em cerca de 40 minutos. A chuva com granizo registrou ventos de 80 quilômetros por hora.

A cidade foi atingida pelo fenômeno microexplosão, corrente de ar despenca em linha reta, como um “corredor de vento”, sem apresentar espiralidade, sobre uma determinada área.

Fonte: G1 SÃO CARLOS

Deixe seu comentário: