Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Médicos tomam três doses da vacina contra a Covid-19, e Prefeitura de SP encaminha casos ao Cremesp - Rádio América Online

Fale conosco via Whatsapp: +55 19 3652-7006

No comando: Expresso Sertanejo

Das 05:00 às 08:00

No comando: Domingo Especial

Das 05:00 às 13:00

No comando: Bom dia América Online

Das 08:00 às 11:00

No comando: Tele-Toca

Das 11:00 às 12:00

No comando: Aol Notícias

Das 12:00 às 13:00

No comando: Agito Geral

Das 13:00 às 15:00

No comando: Fofocando

Das 13:00 às 15:00

No comando: Overdose

Das 13:00 às 17:00

No comando: Show da tarde

Das 15:00 às 17:00

No comando: Dose Dupla

Das 15:00 às 19:00

No comando: Tele-Toca 2ª edição

Das 17:00 às 18:00

No comando: Especial Sertanejo

Das 17:00 às 19:00

No comando: Expresso sertanejo 2ª edição

Das 18:00 às 19:00

No comando: Campeãs da Semana

Das 19:00 às 20:00

No comando: Território Sertanejo

Das 19:00 às 22:00

No comando: A noite acontece

Das 19:00 às 24:00

No comando: Nostalgia

Das 20:00 às 22:00

Médicos tomam três doses da vacina contra a Covid-19, e Prefeitura de SP encaminha casos ao Cremesp

Vacinação em drive-thru da Arena Corinthians, na Zona Leste da cidade de São Paulo.  — Foto: MARCELLO ZAMBRANA/ESTADÃO CONTEÚDO

Vacinação em drive-thru da Arena Corinthians, na Zona Leste da cidade de São Paulo. — Foto: MARCELLO ZAMBRANA/ESTADÃO CONTEÚDO

A Prefeitura de São Paulo identificou dois médicos que tomaram três doses das vacinas contra a Covid-19 na capital paulista.

Segundo a gestão municipal, os médicos tomaram duas doses da Coronavac e depois a 1ª dose da vacina da Pfizer. Um dos médicos é da cidade de Diadema, na Grande SP, e outro da rede municipal da capital paulista.

De acordo com a prefeitura, eles foram até um drive-thru da cidade que estava sem sistema e tomaram a terceira dose da imunização, burlando o sistema de vacinação municipal.

A fraude só foi identificada após as anotações manuais terem sido inseridas no sistema de informatizado, que apontou que eles já tinham tomado as duas doses da Coronavac.

Os dois casos foram encaminhados para apuração ética do Conselho Regional de Medicina de (Cremesp), segundo a gestão municipal.

No caso do médico da capital paulista, não houve até o momento representação ao Ministério Público de São Paulo do caso.

Redes sociais

Na cidade de Guarulhos, na Grande SP, uma veterinária também burlou o sistema de vacinação e tomou três doses de vacinas contra a Covid-19. Jussara Sonner foi vacinada com as duas doses da Coronavac em fevereiro e março na UBS Vila Fátima, e, e tomou a dose única da Janssen na UBS Uirapuru na quarta-feira (30) por vontade própria.

Jussara publicou o comprovante das três doses nas redes sociais. — Foto: Reprodução/ Redes Sociais

Jussara publicou o comprovante das três doses nas redes sociais. — Foto: Reprodução/ Redes Sociais

Quando questionada por uma outra pessoa na publicação como tinha conseguido burlar o sistema de vacinação, Jussara informou que foi até uma Unidade Básica de Saúde (UBS) que estava sem computadores para verificar se o nome dela já constava no sistema de vacinação.

“Uma sorte, anotaram meu nome em uma folha timbrada, quando cair no sistema já será tarde”, afirmou.

Cartão de Jussara Sonner com a anotação das duas doses da Coronavac tomadas por ela. — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Cartão de Jussara Sonner com a anotação das duas doses da Coronavac tomadas por ela. — Foto: Reprodução/Redes Sociais

A Prefeitura informou ainda que “não mede esforços para promover uma vacinação célere e eficiente, criando critérios objetivos para a contemplação de sua população. Mas não se pode fechar os olhos para abusos e fraudes que visem burlar esse sistema, ainda mais baseadas em motivações desprovidas de amparo científico que possam prejudicar grupos prioritários para a vacinação, como neste caso”.

A Secretaria Municipal da Saúde abriu um procedimento interno para apurar que tipo de falha pode ter ocorrido no sistema da UBS para que a mesma pessoa fosse vacinada duplamente com imunizantes diferentes.

O Ministério Público de Guarulhos diz que foi comunicado pela Prefeitura de Guarulhos sobre o caso às 16h25 deste quinta (1), mas a representação para a Promotoria Criminal de Guarulhos ainda não foi analisada.

Fonte: G1.com

Deixe seu comentário: